Arquivo da tag: como investir na bolsa de valores?

Spread – Custo entre as melhores ofertas na bolsa

O que é o spread ?

 O spread é o valor relacionado com a diferença entre as melhores ofertas de compra e venda na bolsa de valores e serve como referência ao investidor para decidir o quanto a ação precisa se valorizar para começar a gerar lucro.

O spread também serve para identificar o custo para entrada e saída de uma operação. Esses custos não estão relacionados com corretagem e emolumentos, mas sim com a capacidade de retorno líquido sobre o ativo escolhido ou mesmo a exposição ao risco após entrada em alguma operação. Por exemplo:

fig1

Acima temos um book de ofertas da empresa VALE5 com as melhores ofertas de compra e venda, conforme destacado. Nesse caso qual seria o spread informado? Seria R$0,02, pois a diferença entre a oferta de venda e compra respectivamente é dada por:  R$44,31 – R$44,29 = R$0,02.

Para utilizar o spread durante uma operação, o investidor precisa realizar a verificação dos valores conforme mostrado acima e checar o quanto esse valor representa em porcentagem acima da melhor oferta de venda demonstrada aqui por R$44,31.

Vamos analisar :

44,31 – 100%

0,02 – 0.04%

Podemos observar que o spread é 0,04%.

Vamos a outro exemplo :

No mercado fracionário com a mesma empresa temos o seguinte esquema:

fig2

 

Calculando o spread:

Melhores ofertas de venda e compra com os respectivos valores : R$44,42 – R$44,26 = R$0,16

O quanto o valor representa em porcentagem sobre a melhor oferta de venda apontada acima ?

44,42 – 100%

0,16 –  0,36%

O spread é representado pelo percentual de 0,36% sobre a melhor oferta de venda da ação no mercado fracionário. O que significa essas diferenças entre os diferentes spreads ?

O 1º caso no mercado à vista o book de ofertas aponta um spread de 0,04% que significa dizer que a ação precisa subir até 0,04% para gerar lucro e sair sem prejuízos, isso sem contar com os custos operacionais complementares a corretagem e outros emolumentos.

No 2º caso no mercado fracionário, temos um spread representado por 0,36%, o que equivale dizer que a ação precisa subir no mínimo 0,36% para que você saia da operação sem prejuízos. Conclui-se então que a identificação do menor spread aponta qual ativo possui maior liquidez. Quanto maior o spread, mais a ação precisa se valorizar para gerar algum retorno, do contrário, quanto menor o spread menos a ação precisa se valorizar com maiores chances de um retorno. 

As ações que possuem maior liquidez são as que compõem o índice Ibovespa no mercado à vista e devem ser monitoradas com relação ao spread atual com objetivo de escolher sempre as mais líquidas do momento. Isso se torna uma vantagem para quem opera daytrade que necessitam de um retorno mais garantido pelo espaço de tempo em que operam. Operações mais espaçadas como o swingtrade também é um tipo de operação beneficiada com esse indicador, proporcionando melhor segurança na escolha das operações mais adequadas.